EXPORTAÇÃO DE GADO VIVO

FALE COM NOSSO DEPARTAMENTO TÉCNICO PARA CONTRATAR ESTES SERVIÇOS:
CEL: 11.95640.8770 (C/ whatsapp) e 11.96582.6498
FIXO = 11.3609.9317


TRABALHAMOS COMO AGENTES DE NEGÓCIOS DE UMA EMPRESA ESPECIALIZADA EM EXPORTAÇÃO DE GADO VIVO PARA QUALQUER PARTE DO MUNDO!!!

APRESENTAMOS UM DIRECIONAMENTO COMO FUNCIONA O PROCESSO PARA INÍCIO DAS TRATATIVAS;

APRESENTAMOS A NOSSA ESTRUTURA E COMO FUNCIONAM AS FASES DO NEGÓCIO;

DEPOIS, FAZEMOS O LEVANTAMENTO BÁSICO DAS INFORMAÇÕES VITAIS PARA INÍCIO DO PROJETO:
– QUAL O PAÍS DESTINO;
– SE O DESTINO TEM PROTOCOLO SANITÁRIO DE EXPORTAÇÃO DE GADO VIVO;
– QUANTIDADE DE ANIMAIS;
– QUAIS AS RAÇAS QUE A COMPRA TEM INTERESSE;
– QUAL O PESO OU IDADE MÉDIA DE ANIMAIS QUEM VÃO SER EXPORTADOS;

TODO ESTE TRABALHO É LIDERADO E DESENVOLVIDOS POR TÉCNICOS ESPECIALIZADOS EM ENVIAR O ANIMAL PARA O DESTINO SEGUINDO NORMAS MUNDIAIS EXIGIDAS PELOS ÓRGÃOS DE PROTEÇÃO ANIMAL PARA QUE NÃO HAJA NENHUM TIPO DE OCORRÊNCIA DE MAUS TRATOS COM OS ANIMAIS ENVOLVIDOS NESTE NEGOCIO E NENHUM ACIDENTE QUE POSSA COLOCAR EM RISCO O PROJETO;

APÓS FECHAMENTO DO CONTRATO, OS TRABALHOS SERÃO INICIADOS SEGUINDO UMA SEQUENCIA PADRÃO PARA QUE TENHAMOS ÊXITO EM REQUERER AS AUTORIZAÇÕES NECESSÁRIAS DOS ÓRGÃOS COMPETENTES E QUE POSSAMOS GARANTIR A TOTAL SAÚDE E BEM ESTAR DO ANIMAL PARA ESSA VIAGEM, VISANDO A NÃO PROLIFERAÇÃO DE QUALQUER DOENÇA NO REBANHO E A MANUTENÇÃO DO PESO PARA QUE O CLIENTE RECEBA OS ANIMAIS 100% SAUDÁVEIS.

FASES APÓS O FECHAMENTO DO CONTRATO:
– COMPRA DOS ANIMAIS;
– CONCENTRAÇÃO DO REBANHO EM LOCAL ESTRATÉGICO PARA DESPACHO PARA PORTO;
– EXAMES CLÍNICOS PARA GARANTIR QUE O ANIMAL ESTEJA LIVRE DE QUALQUER DOENÇA;
– SOLICITAÇÃO DE AUTORIZAÇÕES TÉCNICAS PARA EXPORTAÇÃO;
– CONFIRMAÇÃO DA DATA DE CHEGADA DO NAVIO;
– TRANSPORTE DOS ANIMAIS PARA PORTO;
– EMBARQUE DOS ANIMAIS E DOS INSUMOS PARA ALIMENTAÇÃO DURANTE A VIAGEM;
– ENTREGA NO DESTINO;

A EXPORTAÇÃO DE GADO VIVO É UMA OPERAÇÃO LOGÍSTICA DE PROCESSOS COMPLEXOS

SEGUE ABAIXO UM TEXTO DE UMA OUTRA EMPRESA QUE NOS AJUDA A ENTENDER O PROCESSO DE EXPORTAÇÃO DE GADO VIVO.

EXPORTAÇÃO DE GADO VIVO


TEMOS UM TEXTO QUE EXPLICA BEM SOBRE ESTE NEGOCIO DE EXPORTAÇÃO DE GADO VIVO!!!

FALE COM NOSSO DEPARTAMENTO TECNICO PARA CONTRATAR ESTES SERVIÇOS:
CEL: 11.95640.8770 (C/ whatsapp) e 11.96582.6498
FIXO P RECADOS = 11.3609.9317 (recados)




Fonte deste texto!!!
RAÇÕES ALL NOVA


https://www.allnova.com.br/noticia/59/como-e-realizada-a-exportacao-de-bovinos-vivos
ou visitando o Blog da H.J.BAKER

EXPLICA BEM SOBRE A OPERAÇÃO DE EXPORTAÇÃO DE GADO VIVO!!!

O Brasil se destaca no mercado pecuário, não apenas na exportação da carne bovina, mas também do gado vivo. Contudo, muitos produtores e pessoas ligadas à agropecuária ainda não conhecem como funciona a venda dos animais para outros países, assim como os cuidados com o transporte, a forma que é realizado e o que é necessário.
Esse cenário, se bem explorado pelo produtor, pode ser uma alternativa a esse mercado sempre aquecido. Quer saber mais? Então acompanhe este artigo que elenca como é realizada a exportação dos bovinos vivos, aplicando isso em sua produção!


Como funciona?
O Canal Rural fez um levantamento de todas as etapas e como funciona o transporte do gado até chegar a outro país com uma experiência no porto de São Sebastião, no litoral norte do estado de São Paulo. 
O primeiro ponto é a questão burocrática: é necessário que o gado possua a Guia de Trânsito Animal (GTA), para que possa ser levado pelas rodovias.
A reportagem segue apontando que o gado chega ao Estabelecimento de Pré-Embarque (EPE), onde precisa ficar em quarentena por 21 dias, definido pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), que exerce a função de analisar os documentos e abrir o período que os animais ficam sob a supervisão de veterinários.
Durante os 21 dias, é preciso que os bovinos passem por exames. Cada país possui uma legislação específica, como a necessidade de importar animais já vacinados. No final do tempo em que o gado fica no EPE – sempre próxima à zona de embarque –, há a análise do transporte rodoviário, com um trajeto especificado pelo sistema de Gestão de Defesa Animal e Vegetal (GEDAVE), vinculado ao Ministério da Agricultura.


Transporte náutico
Quando os bovinos chegam ao porto, em caminhões com até 80 animais, há a vistoria realizada pela Receita Federal e Polícia Federal, que libera a entrada. Assim, eles são colocados diretamente no navio, mas antes precisam passar por uma avaliação para serem exportados. O gado é embarcado por uma passarela para embarcar.
O número de animais fica por conta do tamanho do navio, mas milhares deles podem ser exportados. A última etapa é a análise de documentos e a estrutura da embarcação, além das condições dos animais dentro de um curral próprio, acompanhados de veterinários, profissionais que lidam com gado, tripulantes entre outros.


Números: vale a pena exportar vivo?
Alguns números e dados nos ajudam a entender se este é um mercado viável para o produtor. Em 2018, a Scot Consultoria, divulgada pelo Canal Rural, apontou que foram 810 mil bovinos vivos exportados – um aumento de 102,2% em relação a 2017, com um faturamento superior de 104,4%. O período bateu o recorde histórico.
O montante total de 2018 ultrapassa US$ 540 milhões, segundo a Scot Consultoria, tornando a prática uma ótima opção para produtores que buscam alternativas de mercado. O Egito, a Turquia, o Líbano, a Jordânia e o Iraque são os principais polos importadores do gado vivo brasileiro.
Para quem busca entrar na prática, segundo a reportagem do Canal Rural, é necessário entender a regulamentação e atos normativos que elencam o que é preciso para fazer essa exportação. A operação de transporte ao porto pode chegar a R$ 400 mil, além dos serviços de embarque e traslado, com uma média de R$ 300 mil.

Achou esse texto interessante? Continue visitando o Blog da H.J.BAKER para se manter bem informado!